CONFIANÇA

Ontem estava assistindo o filme o Resgate do Soldado Ryan na TV. Um filme e tanto, de tirar o fôlego. O que mais chamava a atenção no filme era a tensão gerada nos soldados quando estavam em incursões e a expectativa de se depararem com o inimigo a qualquer momento. Quando o inimigo se colocava diante deles de fato, a explosão de adrenalina e o empenho com que cada soldado se lançava em direção ao inimigo era impressionante. Nestas horas, os que morriam primeiro, na maioria das vezes, eram os que vacilavam de medo diante do inimigo.

A confiança envolve dois estágios: O do que pode acontecer e o do que já está acontecendo. O Salmo 27:3 nos mostra isso de forma muito clara e objetiva. “Ainda que um exército se acampe contra mim, não se atemorizará o meu coração; e, se estourar contra mim a guerra, ainda assim terei confiança”.

Nós, aqueles que fomos chamados por Deus para esta jornada, nos deparamos constantemente com o perigo. O apóstolo Paulo nos diz que por amor a Cristo somos entregues à morte o dia todo. Quantas vezes na vida nós olhamos para  frente, para os lados e para trás e nos vemos extremamente rodeados pelo perigo. São tantas situações adversas que nos cercam que a sensação do nosso coração é a de que vamos perecer na próxima esquina.

Nesta hora o medo toma conta da alma, as noites são mal dormidas, as conversas são travadas com um nó na garganta e a cabeça fica a mil por hora, procurando maneiras de não enfrentar o perigo que está diante de nós. Por fim, deixamos de viver e começamos a viver acuados e a vida cristã começa a naufragar.

No segundo momento então a situação fica pior ainda. Quando os problemas vêm de frente e nos afrontam com toda sua força a batalha se torna sangrenta. Não são poucas as vezes em que as adversidades desta vida nos deixam mutilados emocional, física e espiritualmente, tamanha é a investida do inimigo contra nós.

Não é fácil confiar em Deus quando tudo fica ruim. Quando as contas estão vencendo e não há recursos, quando as emoções são feridas, quando a família está mal, quando os filhos não obedecem, quando estamos no fundo do poço. Dizer o contrário é ignorar nossa natureza humana e pecaminosa.

Mas o nosso Deus, o Senhor da nossa vida, nós mostra um alento para gerar cada dia mais confiança em nós os seus filhos. O salmista fala que a confiança é algo que está no coração e não pode ser da boca pra fora. A expressão não se atemorizará o meu coração fala de uma confiança que parte do fundo do coração humano. Tem de ser mais do que meros chavões proferidos em momentos de êxtase emocional, mais do que uma frase numa camiseta ou num adesivo no carro. Deve ser um sentimento arraigado no mais profundo do nosso ser e isso só é possível com a presença plena de Cristo em nossas vidas. Se for assim, ainda que passemos pelo vale da sombra da morte nós não temeremos mal algum (Salmo23:4)

Se partirmos desses princípios, quando o inimigo se levantar contra nós, ou as adversidades se materializarem com soldados inimigos prontos a nos derrubar, nossa atitude deve ser a de apenas descansar em Deus. Se estourar contra nós a guerra nós apenas confiaremos em Deus, sabendo que a nossa confiança nele gerará uma ação positiva dele à nosso respeito, afinal de contas, não é isso que o Salmista diz: esperei confiantemente nos Senhor e Ele se inclinou para mim (Salmo 40:1).

No fim de tudo o que nos resta dizer é que a guerra continua, o inimigo espreita em cada esquina, as tribulações e angústias ainda nos perseguem, mas o Senhor, o nosso Deus  é nele que nós colocamos nossa confiança e nada tememos. Que nos pode fazer o homem? (Salmo 57:4)

Ore: Senhor, sei que às vezes, diante dos perigos e ataques diretos contra a minha fé, eu me atemorizo. Confesso que chego até a ficar desesperado. Mas eu confio em ti Senhor e peço que as tuas mãos me fortaleçam nesta guerra contra o inimigo. Para que minha vida esteja bem firmada e eu consiga vencer cada fase adversa que se coloca diante de mim. Amém

Esta entrada foi publicada em Não classificado. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s